Sobre: Dr. Andre Moreira

O Dr. Andre Moreira é especialista pela ABOM (Associação Brasileira de Ortopedia dos Maxilares) em ortodontia desde 1994 com larga experiência em tratamentos ortodônticos em crianças e adultos. Trabalha com a técnica lingual desde 2003 com centenas de casos finalizados com sucesso. Se graduou na UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) em 1989.

Quantos dentes de leite tem uma criança?

Quantos dentes de leite tem uma criança?

Todos os pais e mães acabam um dia passando pela experiência de remover um dentinho de leite do seu filho.

É nessa hora que normalmente paramos para pensar no assunto.

De uma hora para outra nos deparamos com dúvidas que nunca estiveram nas nossas mentes:

O dente de leite tem raiz? A raiz ficou lá dentro? Onde está o dente permanente que vai substituir o dente perdido? Quantos dentes faltam para cair? Vai haver espaço para os permanentes? Os dentes de leite são sempre menores?

Escrevi esse post para tentar ajudar com todas as possíveis dúvidas dos pais sobre os dentes de leite.

Vamos à primeira pergunta:

Quantos dentes de leite tem uma criança?

A dentição decídua (nome técnico para os dentes de leite) é composta por 20 dentes, sendo 10 superiores e 10 inferiores.

Contando do centro para o fundo, cada arcada tem: Dois incisivos centrais, dois incisivos laterais, dois caninos e quatro molares (primeiro e segundo molar).

Os incisivos centrais são maiores que os laterais na arcada superior.

Os incisivos centrais e laterais são praticamente do mesmo tamanho na arcada inferior.

O primeiro molar de leite é menor que o segundo molar de leite nas duas arcadas.

Os dentes de leite têm raiz?

Sim, todos os dentes de leite têm raiz. O que ocorre é que o dente permanente reabsorve essa raiz enquanto erupciona. Por isso o dente fica mole e pode ser facilmente extraído.

Se o dente permanente nascer muito fora da posição e não absorver a raiz do dente de leite, o mesmo continua firme, pois sua raiz não foi destruída. Nesse caso, pode ser necessário ir ao dentista para extrair o dente de leite. Não será possível removê-lo em casa.

Às vezes uma pessoa pode não ter um ou mais dentes permanentes, chamamos isso de “agenesia” ou “anodontia”.

Nesse caso, o dente de leite não tem as raízes absorvidas e pode ficar firme na boca por anos, chegando até a idade adulta.

Todo dente permanente tem um dente de leite correspondente?

Não. A dentição decídua é menor em quantidade de dentes que a permanente.

Isso pode gerar muita confusão, pois o primeiro molar permanente erupciona logo atrás do último molar de leite. O espaço disponível para a erupção do primeiro molar permanente inferior aparece na foto abaixo.

Esse dente muitas vezes é confundido com um dente de leite, já que nenhum dente cai para que ele possa nascer.

É preciso ficar atento. Contando do centro da arcada para o fundo, o primeiro molar permanente é o sexto dente. Normalmente vai erupcionar entre seis e sete anos de idade.

Podemos dizer que o primeiro molar permanente é o dente mais importante para a oclusão. É a partir dele que os outros dentes permanentes vão se encaixando na medida em que vão erupcionando.

Por ser confundido com um dente de leite, pode acabar havendo um certo descuido em se tratar eventuais cáries, contando que ele vai cair em breve.

A incidência de cárie nesse dente é comum devido às suas características anatômicas, com muitos sulcos.

É comum os pais descobrirem que se trata de um dente permanente e importante, depois que o este se encontra comprometido por cárie. Por isso, toda atenção nesse caso, é pouca.

Atrás do primeiro molar, vai erupcionar o segundo molar, lá pelos 11 ou 12 anos de idade. Esse dente também não tem um dente de leite correspondente.

Por fim, nasce o terceiro molar, ou seja, o siso. Isso pode ocorrer entre 18 e 20 anos. Mas esse prazo pode ser bem elástico para os sisos.

Por que o dente de leite não cai?

Existem duas causas principais para um dente de leite não cair.

A primeira causa é a falta de espaço na arcada para a erupção do dente permanente.

Como é o dente permanente que destrói a raiz do dente de leite, se ele não nascer no lugar certo, acaba não provocando a esfoliação, ou seja, não “derruba” o dente de leite.

Nesses casos vamos observar o dente permanente nascendo fora da posição e o dente de leite permanecendo na boca.

Geralmente causando uma certa confusão, pois pode-se concluir (equivocadamente) que foi o dente de leite que atrapalhou a erupção do permanente.

A outra causa para a retenção do dente de leite é a anodontia do dente permanente correspondente.

Anodontia ou agenesia são termos técnicos usados para quando o dente permanente não se forma dentro do osso.

Nesse caso, as raízes do dente de leite correspondente vão continuar intactas e não haverá a esfoliação.

É necessário esperar a troca completa dos dentes para colocar aparelho?

Não. O tratamento das maloclusões pode ser iniciado ainda na dentição de leite. Em muitos casos, não só pode, como deve ser iniciado precocemente.

Assim evitamos uma série de problemas futuros.

Mas esse assunto é bem abordado no Post sobre qual a idade ideal para começar o tratamento ortodôntico. Vale a pena a leitura para complementar essas informações.

Alinhador transparente – uma opção para tratamento ortodôntico

Alinhador transparente é uma forma alternativa de se fazer tratamento ortodôntico.

O alinhador transparente é uma moldeira de acetato que se adapta perfeitamente à anatomia das arcadas dentárias, envolvendo todos os dentes completamente.

A movimentação dos dentes ocorre pela troca de alinhadores de forma sequencial. Alinhadores sempre funcionam através de troca sequencial.

Por isso, quando falamos de alinhador transparente, estamos falando de um conjunto com vários pares (por que são para as duas arcadas).

Alinhador transparente

Alinhador transparente

Esses pares de alinhadores devem ser trocados periodicamente, seguindo uma sequência pré-definida (são sempre numerados).

Como cada alinhador transparente é ligeiramente diferente do anterior, os dentes são levados progressivamente à nova posição.

…Continue lendo…

Desvio de linha média na ortodontia

Desvio de linha média é uma expressão que ouvimos com bastante frequência quando vamos à uma consulta com o ortodontista.

Mas, afinal, do que se trata exatamente o desvio de linha média e qual é a sua importância no tratamento ortodôntico?

Linha média ortodontia

O que é linha média?

A linha média ou linha mediana é uma linha imaginária que atravessa todo o corpo, dividindo-o em duas metades (Direita e Esquerda).

A face também é dividida por uma linha média.

A partir dessa linha divisória, podemos avaliar o grau de simetria facial.

Uma face simétrica é aquela onde as duas metades são iguais.

…Continue lendo…

Contenção ortodôntica fixa superior

Contenção ortodôntica fixa superior é um recurso ainda pouco usado pelos ortodontistas. Mas quando bem indicada, pode ser muito útil para manter o resultado do tratamento.

Cada vez mais os pacientes demonstram interesse pela contenção fixa superior. Seja pela praticidade ou pela eficácia em manter a posição dos dentes, devemos considerar essa alternativa.

O uso desse tipo de contenção traz vantagens e desvantagens para quem concluiu seu tratamento ortodôntico, e é sobre isso que vamos falar nesse post.

Contenção ortodôntica fixa superior estendida até pré-molares

Contenção ortodôntica fixa superior estendida até pré-molares

…Continue lendo…

Aparelho estético amarelado

Aparelho estético amarelado tem solução?

Aparelho estético cerâmico

Aparelho estético cerâmico


Apesar de apresentarem boa estabilidade de cor, os brackets cerâmicos (de porcelana) podem sofrer pigmentação ao longo do tratamento. Isso ocorre devido ao consumo de alimentos escuros como café, vinho tinto, açaí, etc.

Essa pigmentação pode deixar o aparelho estético amarelado ou escurecido depois algum tempo de tratamento.

O problema é que quando se escolhe esse tipo de aparelho, o objetivo é ter uma qualidade estética ao longo de todo o período de tratamento. Logo, a pigmentação dos brackets compromete essa finalidade.

A questão que se levanta é: Há alguma forma de melhorar a aparência de um aparelho estético amarelado?

…Continue lendo…

Ortho Aligner – alinhadores transparentes

Ortho Aligner é o nome do sistema de alinhadores sequenciais transparentes produzidos pela empresa Compass 3D.

Os dentes são movimentados através da troca regular (que pode ser com intervalos de 2 a 3 semanas) dos alinhadores, que são moldeiras de acetato transparentes.

Cada moldeira apresenta uma leve alteração na posição dos dentes em relação à anterior.

A troca sequencial leva ao alinhamento gradual das arcadas com aplicação controlada de força.

O desconforto é mínimo durante todo o tratamento.

Qualidade estética do Ortho Aligner

Qualidade estética do Ortho Aligner

…Continue lendo…

Tratamento Ortodôntico, o que saber antes de começar

Ao longo desses mais de dez anos tirando dúvidas aqui no Blog, percebi que muitas pessoas iniciam seu tratamento ortodôntico sem fazer algumas perguntas que considero muito importantes para se tomar esta decisão.

Não diria que tudo o que é importante está nesta relação, pois certamente vão surgir situações novas com o tempo e serei obrigado a atualizar este post.

Mas seguem algumas perguntas que são importantíssimas antes de começar seu tratamento ortodôntico:

Sorriso com aparelho de safira

Tratamento ortodôntico – uma decisão difícil

…Continue lendo…

Invisalign ou Aparelho Lingual?

invisalign x aparelho lingual

Invisalign ou Aparelho Lingual? Essa é uma pergunta comum para quem precisa de um tratamento ortodôntico mas não quer ser visto usando aparelho.

Podemos dizer que estas duas opções são as que apresentam melhores resultados em termos de discrição e eficiência.

Apesar disso, são formas completamente diferentes de se corrigir a posição dos dentes. E o objetivo desse post é mostrar as vantagens e desvantagens de cada aparelho e responder à pergunta: Invisalign ou Aparelho Lingual?

…Continue lendo…

Dente de leite atrapalha a erupção do permanente?

Um dente de leite que demora muito para cair pode realmente interferir na erupção do dente permanente correspondente?

Vamos iniciar este post pensando em uma situação bastante comum:

Em uma criança com 6 ou 7 anos, os pais percebem que os incisivos inferiores permanentes estão nascendo por trás dos dentes de leite sem que estes estejam moles.

Por que isso acontece?

Os dentes permanentes erupcionaram assim por que os de leite não foram arrancados no momento certo?

Enfim, o dente de leite pode atrapalhar a erupção do dente permanente?

O que os pais devem fazer nessa situação?

…Continue lendo…

Aparelho auto-ligado produz o mesmo efeito da disjunção palatina?

Uma dúvida recorrente entre os usuários do nosso Blog é se o aparelho auto-ligado produz o mesmo efeito da disjunção palatina.

Vamos começar falando um pouco de cada uma das alternativas. Se você tiver curiosidade para conhecer mais sobre cada assunto, basta clicar nos links para os posts específicos.

A disjunção palatina ou expansão rápida de maxila (ERM) é um recurso da ortodontia para aumentar a largura da arcada superior. Com isso obtemos mais espaço para acomodar dentes apinhados, descruzar mordidas, etc.

A ERM é feita através de aparelhos expansores que se acomodam ao palato e são fixados aos dentes superiores. No link acima você encontrará um artigo completo sobre o assunto.

Os aparelhos auto-ligados se caracterizam pelo uso de brackets que prendem o arco sem a necessidade de ligaduras elásticas.

Estes brackets combinados com “arcos inteligentes” (feitos com ligas metálicas especiais) criam um sistema de forças com menos atrito.

Alguns fabricantes de sistemas auto-ligados costumam divulgar que estes aparelhos são capazes de produzir expansões na maxila comparáveis às que alcançamos com disjuntores palatinos.

…Continue lendo…