Clareamento Dental

Clareamento dental é um procedimento relativamente simples, não invasivo e que apresenta ótimos resultados para a estética do sorriso (quando realizado da forma certa). Por isso mesmo, é um dos tratamentos mais procurados pelos clientes nos consultórios dentários.

Como ocorre o clareamento dos dentes?

Os dentes escurecem pelo acúmulo de moléculas de pigmentos provenientes da alimentação, que penetram na estrutura dental. Essas moléculas são grandes e absorvem parte da luz que incide sobre os dentes, reduzindo a reflexão. O resultado são dentes mais escuros.

O clareamento dental é feito através de uma dessas duas substâncias:

  • Peróxido de carbamida;
  • Peróxido de hidrogênio.

Esses peróxidos liberam moléculas de oxigênio na estrutura dental. O oxigênio entra em contato com as moléculas dos pigmentos, quebrando-as.

A quebra resulta em moléculas menores, que absorvem menos luz e permitem maior reflexão por parte da estrutura do dente.

O resultado são dentes mais claros.

Quais são as opções de clareamento dental?

Existem formas diferentes de se fazer o clareamento como você pode ver a seguir:

  • Clareamento dental caseiro supervisionado
  • Clareamento dental profissional (com ou sem Laser)
  • Clareamento dental combinado

 

Como funciona o clareamento dental caseiro supervisionado?

O clareamento caseiro supervisionado pode ser realizado em casa pelo cliente sob supervisão do dentista.

Inicialmente o cliente deve ser moldado para que moldeiras personalizadas de silicone sejam produzidas. São essas moldeiras que vão permitir a aplicação segura do gel clareador com segurança.

Atenção: O uso de moldeiras pré-fabricadas pode levar à ingestão excessiva de gel, lesões nas gengivas e queda na eficácia do clareamento, por isso é altamente recomendado fazer tudo sob supervisão profissional.

Além disso, o dentista deve checar a cor inicial dos dentes do cliente usando uma escala de cores própria. Isso vai permitir avaliar a eficácia do clareamento. Fotografias também são um registro importante.

Então o cliente recebe seu kit de clareamento (moldeiras e as seringas de gel) das mãos do seu dentista com todas as orientações (que são específicas para cada caso).

Normalmente as moldeiras podem ser usadas durante a noite ou por períodos de algumas horas durante o dia.

Mas o tempo de uso das moldeiras, assim como a concentração do gel clareador, precisam ser definidos e ajustados ao longo do clareamento pelo profissional. Isso permite que o clareamento dental seja realizado com o máximo conforto (reduzindo a sensibilidade) e o melhor resultado para o cliente.

Geralmente em três semanas o resultado é alcançado.

Obs: As fotos dessa página não sofreram nenhum tipo de edição, ajuste de cor ou brilho. Por isso, podem não apresentar uma qualidade ideal, mas o objetivo é mostrar o quanto os dentes tiveram sua cor alterada.

Clareamento 1

E o clareamento dental profissional?

O clareamento dental profissional é feito com um gel clareador bem mais concentrado para obter o resultado mais rapidamente.

O gel clareador é muito potente e por isso, o processo precisa ser monitorado todo o tempo pelo dentista.

Além disso, são necessários cuidados adicionais como a proteção das gengivas com o uso de barreira própria e aplicação de um dessensibilizante antes e depois do procedimento para reduzir a sensibilidade. Tudo isso para compensar a maior concentração do gel clareador.

O uso do Laser ou outra fonte de luz é comum nesse tipo de clareamento. Mas trabalhos científicos já mostram que esses recursos não alteram o resultado final do clareamento dental.

A vantagem principal é que o paciente já sai do consultório com os dentes um pouco mais claros, porém quase sempre será necessário fazer mais de uma consulta para obter um bom resultado.

E nem sempre essa técnica alcança um resultado tão bom quanto o clareamento caseiro supervisionado.

Clareamento 2

Qual a diferença do clareamento dental combinado?

No clareamento dental combinado, as duas técnicas anteriores são usadas em conjunto.

Essa opção costuma ser a que apresenta os melhores resultados, pois, além de ter um clareamento parcial já no primeiro dia, os dentes chegam ao final do tratamento com um grau de clareamento tão bom quanto o de um clareamento caseiro.

Normalmente inicia-se com uma ou mais consultas de clareamento no consultório, para dar um resultado imediato para o paciente. E então segue-se para a técnica caseira onde o processo continua, clareando ainda mais os dentes.

O clareamento dental prejudica os dentes?

Não. O clareamento dental não produz desgaste do esmalte nem enfraquece a estrutura dos dentes.

Mas você pode ter sensibilidade durante o processo de clareamento, devido à ação do gel clareador. Por isso é tão importante ter a supervisão profissional.

Existem diversas opções de produtos com substâncias e concentrações diferentes que devem ser adaptadas às características de cada cliente, afim de oferecer o melhor resultado com o máximo de comodidade.

Além disso, também é possível customizar a forma como as aplicações serão feitas, determinando o período do dia e o número de horas de aplicação do gel (no caso do clareamento dental caseiro).

As gengivas são uma preocupação à parte nesse processo, pois o gel clareador pode irritar os tecidos gengivais, e mesmo causar lesões mais importantes, no caso do clareamento dental profissional, que é feito com um gel bem mais concentrado.

Por tudo isso, reforçamos que é muito importante ter o suporte de um profissional para evitar problemas durante o clareamento.

Clareamento 1

Depois os dentes voltam a escurecer?

Sim, dependendo dos hábitos alimentares, como o consumo de café, mate, açaí, vinho e outros alimentos escuros, os dentes vão sendo pigmentados lentamente.

E nesse caso, posso fazer clareamento dental de novo?

Sim. Mas é importante haver um intervalo de dois anos aproximadamente, para não sobrecarregar os dentes.

E durante o clareamento dental eu devo evitar esses alimentos escuros?

Não. O recomendado é que você evite consumir esses alimentos imediatamente após a retirada das moldeiras (no caso do clareamento dental caseiro) ou ao término da consulta de clareamento profissional. Um intervalo de quatro horas é considerado o suficiente para que o consumo de alimentos escuros não interfira no clareamento dental. A partir desse intervalo, o consumo de alimentos escuros está liberado.

Clareamento 2

Existe uma idade mínima para se fazer um clareamento?

A princípio recomendamos que não se faça clareamento dental antes dos quinze anos de idade. E mesmo em pacientes nessa faixa, entre 15 e 18 anos, o clareamento deve ser feito com produtos de baixa concentração e com pouco tempo de aplicação.

Normalmente nessa idade os dentes ainda são bem claros e não há indicação. Mas, em alguns casos pode haver uma pigmentação fora do normal, que incomode muito esteticamente. Então, podemos fazer o procedimento, mas de forma bem suave.

E quanto aos produtos para usar sozinho, sem acompanhamento do dentista?

Não recomendamos a aplicação de produtos com finalidade de clareamento dental por conta própria. Os riscos aos quais você estará exposto não valem a pena. A supervisão de um profissional sério e comprometido com a sua segurança e os resultados, faz toda a diferença no processo.

 

Quer fazer seu Clareamento Dental com os melhores produtos e monitoramento de resultados ? Ligue diretamente para o Dr. Andre e saiba como começar.

Linha direta Dr. Andre (21) 98106-9681